Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

'' O sol está cansado ''

Que doçura!

mau feitio, 25.08.19

Sexta-feira, fui à Vila tratar de uns assuntos que precisava e de toda a semana, foi o melhor dia da semana... pois por estas bandas tem chovido a potes sem nunca parar. 

Bem, estava no autocarro já a meio da viagem, entretanto entra um menino de 5 anos com a sua avó, sentaram-se no banco à frente no qual estava sentada e o menino em conversa com a sua avó, quase num monólogo disse: '' o sol está cansado ''. 

Quando eu ouvi isso, o meu coração encheu-se. Adoro ouvir essas opiniões das crianças, são tão ingénuas e tão verdadeiras. Apeteceu-me levantar-me e abraçar aquele menino. Que doçura!! 

Não é lindo ouvir da boca de uma criança que '' o sol está cansado ''?

 

sol-imagem-animada-0724.gif

Imagem do Google Imagens

 

 

Frase do mês

mau feitio, 02.06.19

Isto devia ter escrito ontem, Mau Feitio.
Mas, ontem não foi possível. Então escrevo hoje. Junho é o mês da criança e, por isso partilho uma frase de Jack Skellington que define muito bem o que é ser criança.

004a9f016d1782b088cecfb6cf84719c.jpg

 

E não é verdade?
Ser criança é único! É o melhor que podemos ser, é o melhor do mundo! É acreditar no que (não) existe e revirar o mundo num piscar de olhos, é não ter medo nem vergonha de errar, de chorar, de dizer, de ser!

Espero que o vosso dia da criança tenha sido extremamente infantil  e delicioso. 

Que trabalhemos todos juntos para que um dia as crianças usufruem de todos os benefícios de ser criança!

 

Imagem:Google Imagens

 

Os adultos primeiro, se faz favor!

mau feitio, 17.04.19

Há uns dias vi este post no Facebook e achei importantíssimo mas também um tanto engraçado. Porquê? Porque fala-se e discute-se muito sobre educação, progresso e esclarecimento infantil... mas, às vezes (muitas vezes) os adultos é que precisam de aprender isto, para depois ensinar as (suas) crianças! 

 

 

57092802_2174580155964686_8207400692671840256_n.jp

 

Imagem retirada: daqui

 

Infância sem cor

mau feitio, 13.02.19

Já não há crianças como dantes. Ou agora... é que as crianças são, exatamente, o que muitos pais queriam que fossem...? Pequenos seres sem alegria, calados, sem se sujar, sem fazer barulho, todo o dia com o rosto enfiado num ecrã, (pequeno e frio). De fato, muitos pais não se podem queixar nem a sociedade pode criticar.  Não, porque ouvia-se muita vez da boca de muita gente: ''Ah... que miúdo irrequieto'', ''os meus filhos chegam a casa com a roupa imunda!'', ''Tanto barulho que essas crianças fazem''. Ora bem... agora elas (crianças) nem sequer abrem a boca. Não era isto que se queria? Crianças sem energia, silenciosas para não incomodar.
Do que é que tu 'tás a queixar-te SOCIEDADE?! Aí tens as crianças com que sempre sonhaste! A infância perdeu a sua cor, não toda mas a maior parte dela, sim. Mais silenciosa era impossível. Agora, os pais já podem trabalhar, descansar, já não há roupa imunda para lavar, já não há gritaria nem euforia a causar stress às pessoas, já não há choros por joelhos rasgados e roupa rompida. Já não há o horror por se terem magoado na rua e terem apanhado uma infeção. Acabaram-se os ''pardais à solta''. Por isso... não critiques SOCIEDADE! 

6ZKOSBAV.jpg

 


 

BASTA!

mau feitio, 20.09.18
Eu vou dar a minha opinião curta, grossa e direta sobre maus – tratos a crianças: Sinceramente, eu ACHO que devia haver uma lei única a nível mundial que atribuísse pena de morte a qualquer adulto que maltratasse, não importa como, uma criança! 
A sério, o que as pessoas têm na cabeça? Que pais agridem os filhos violentamente, deixando-os com marcas físicas e psicológicas? Que animais é que abusam sexualmente duma criança?! Que professores são esses que reprimem as crianças? Que educadores são esses que diferenciam as crianças? Que auxiliares de educação são esses que chantageiam as crianças? Que baby -sitters são essas que descurem das crianças? Que de raça que essa gente é?!  Eu não sou Deus e que Ele me perdoe mas era a M O R T E!Nem precisavam de sofrer, era assim: maltratou uma criança? Páh! Uma bala nomeio da testa. Devia ser a nível mundial! Não tem paciência para crianças? Não estejam com elas! Não sejam professores, não sejam educadores, não trabalhem com elas, NÃO SEJAM PAIS! Mas, se forem porque simplesmente aconteceu, recorram a autoridades para encontrar uma família que cuide, proteja, que as ame, se não querem ter essa responsabilidade, se é demais para vocês! Se sabem que não têm paciência de criar, cuidar, dedicar a vossa máxima atenção, amar NÃO ADOTEM!Não se envolvam com ninguém que já tenha filhos, se não é essa a vossa vocação! Se estão em abstinência sexual, paguem um(a) prostituto(a). Procurem um psicólogo, um psiquiatra, alguém da vossa idade, do vosso tamanho. E, POR UMA VEZ POR TODAS, NÃO MALTRATEM CRIANÇAS! Sejam pessoas! Ninguém é obrigado a amá-las, a cuidar, a criar. Só quem se compromete a isso. Se não se querem comprometer com isso, façam o vosso papel como cidadão de recorrer as pessoas competentes, informem-nos da situação ocorrente ( se não querem criar, se não têm meios...) mas passem longe! Mais vale assumir que não estão dispostos, do que tratar uma criança mal. Mais vale ser como a Juno. Juno é um filme que conta a história de uma adolescente que engravida e decide dar o filho a uma família que realmente quer ter filhos, pois ela ainda não se sente preparada para ser mãe. Ela foi mais madura do que muito adulto. E, antes de tirar um curso para trabalhar com crianças ou aceitar isso, se não têm paciência para ''sofrê-las'', procurem outro caminho. BASTA DE MALTRATAR CRIANÇAS!


Imagens do Google Imagens
Colagem e edição da minha autoria

Frase do mês

mau feitio, 01.06.18
Eu fui ao circo.

Para este mês escolhi a frase: ‘’eu fui ao circo.’’, só porque hoje 1 de junho é Dia da Criança em Portugal e uma das recordações mais bonitas da minha infância são as idas ao circo. Eu fui ao circo! Eu penso que isso é uma relíquia, uma preciosidade… porque cada vez mais o ‘’ ser criança’’ está a perder-se mais depressa. Hoje chega-se aos 7 ou 8 anos e as crianças parecem ser uma espécie de ‘’mini-pré-adolescentes’’ com tablets na mão, iphones, ipods a ouvir músicas, a jogar… enfim… onde para a infância?! Para onde ela foi? E o que é que os pais têm na cabeça para lhes dar essas ‘’modernices’’ para as mãos?! Eu discordo totalmente com isso! Uma criança tem de ser criança o que significa brincar com brinquedos reais, com outras crianças reais, ao ar livre ou não, mas desligados da tecnologia… e não a gastar a sua visão com ecrãs, ouvira músicas espafalhadosas…
Bom, mas isto é só a minha opinião. Vamos lá à minha recordação: eu fui ao circo quase toda a minha infância, ou pelo menos, durante um tempo porque depois estragaram tudo porque deixaram de vir cá… os senhores do circo foram muito maus em deixar de vir cá! 😊Foi uma grande desilusão e tristeza para mim. Ia com os meus pais. Eu adorava os palhaços, como o resto das crianças. E comer algodão doce! Até hoje é o que gosto mais! A minha mãe comprava sempre e no fim do espetáculo, ia andar de pónei e tirar fotografias. Houve uma vez que tirei uma fotografia a tocar num tigre bebé, arrepiei-me toda! Não fosse ele morder-me ou comer-me a mão. Ainda me lembro de um desfecho em que na hora da despedida, os artistas saíram todos de uma máquina de lavar… até hoje, pergunto-me como aquilo foi feito. Eu adorei ser criança! E, sinto-me privilegiada por ter sido uma criança sem acesso a tecnologias, com pouco mas feliz e ter podido ser criança todo o tempo que me foi possível. 
Eu penso que é um direito de todas as crianças têm: ser criança até ao fim e isso depende dos pais e dos adultos que participam nas suas vidas e naquilo que lhes dão para as mãos e permitem-lhes fazer. Dizer auma criança que ela é muito nova para usar um tablet ou estar sentada a ouvir música todo o dia, não permitir que ela faça isso é prolongar-lhe o direito que ela tem de ser criança. Nada mais. As crianças, hoje em dia, já não se sujam, não têm os joelhos esfolados… os pais hoje em dia, deixaram de ser pais e passaram só a ser amigos. 
Enfim… eu desejo que todas as crianças do mundo, as de hoje e as de amanhã, sejam apenas crianças com tudo o que ‘’ser criança’’significa. Desejo que não haja diferença, discriminação nem hierarquias entre crianças. Desejo que não haja qualquer tipo de abuso nem violência contra as crianças e que chegue o dia que nenhuma criança sofra pela mão do adulto. Criança não tem cor, raça nem condição. Criança é ser criança, apenas. Ser criança é o único momento da nossa vida em que somos puros, 100% verdadeiros, belos e únicos. Depois, isso é destruído pela idade adulta. 

Feliz Dia da Criança!
Sejam vocês mesmos, sejam felizes!



Imagem do Google Imagens

Eu gosto

mau feitio, 18.09.17
Eu gosto de coisas e algumas dessas coisas chamam-se pessoas. Eu gosto de coisas e pessoas leves, soltas, como se nenhum mal do mundo lhes pesasse porque, na verdade, nada lhes pesa, são leves.
E gosto de mar e de muito amar, amar, amar e de abraçar. Ah... também gosto de beijar? Sim, penso que sim. Nunca pensei nisso, mas penso que sim. Gosto das manhãs do mês de Agosto, de sorrisos no rosto, de estrelas nos olhos, de sonhos pendurados no teto e sal a gosto.
Gostode mim, da criança que vive cá dentro e pula para sair e que sai vezes sem conta. Gosto de ti e do mundo e das coisas e pessoas que vivem lá dentro. E de quem vive fora do mundo, dentro do seu pequeno-grande mundo, também.
E das cores das pessoas: vermelho, amarelo, preto, castanho... como o arco-íris. Gosto de gente. Gente daqui e d'acolá, tatuada, "rabiscada", sempre conceito, só com pós-conceito. De gente descomplicada. Honesta, profundamente verdadeira. De gente com CARÁTER! Gente que cumpre, insiste e não desiste. Gente com sangue nas guelras. Gente deste mundo e de além, gente da paz e da justiça.  
Gosto do começo e fim do Verão e do ano inteiro. Gosto do frio de Janeiro e das águas mil de Abril. Gosto de todos os dias da semana e de ficar em casa no fim de semana e de amor verdadeiro. De amores de Verão, dos nasceres e pores do sol.
Gosto de Deus, aliás, admiro-o em todas as suas formas e nomes, de todos os países ede todas as raízes. De que eu gosto mais? De tanta, tanta coisa, enormes, pequenas, minúsculas, grandes, de tanta coisa que não cabe em mim o tanto que gosto delas. Gosto de sol, de chuva, de animais, do vento, de crianças, quem não gosta delas? Músicas, cinema, arte... máquinas de escrever, sapatos velhos, filmes, livros. Ah... pois é, lembrei-me agora. Romances, paixões e de outras coisas que não convém dizer aqui. Gosto dos morenos saradões... hum! Do que está aqui e ali e lá. Olá! Gosto de café, sou obcecada. De comer. E de dormir,dormir, dormir, dormir até me secar, mas também gosto de trabalhar até me cansar. E mais? De Fernando Pessoa. E que pessoa... Ou direi pessoas? Hum....gosto do destino, do improviso e do que não estava previsto. Do novo e do velho e adoro o antigo.
Amo os meus amigos e, principalmente aquela que me acompanha, vive impregnada em mim. Sabem quem é? Não digo. É só minha, pertence-me. Ela a mim e eu a ela. Até ao fim. (E que fim será o meu?) Tanto que já me fez sofrer, mas mostrou-me como vencer.
Gosto das cidades, do barulho e da confusão que lá existe e que saudade me assiste do que não tive, do que deixei perder, do que não foi, mas quase, quase foi.
Mas, apesar disso, gosto ainda da vida e de viver sem meio termo, adiamentos nem enrolamentos. Gosto do tempo, porque há tempo para tudo, dizem. Mas, que dor de cabeça por não ter paciência para ter tempo. Eu gosto do hoje, já, agora, imediatamente, de conversas às claras, de jogo limpo, de exatidão e gosto da vida profunda e intensa de fazer tremer o coração.
Gosto de sorrir, das coisas e pessoas boas da vida!


FotoJet.png

 



Maravilhas do mundo

mau feitio, 04.08.17
Hey 😍
Hoje vou dar-vos a conhecer uma lista feita por mim sobre o que eu considero ser algumas das maravilhas do mundo. Pode não estar todas aqui, mas à medida do tempo eu vou completando. Não tem uma ordem específica, escrevi à maneira que me fui lembrando.                      
Aqui vai:

·       Crianças;
·       Animais;
·       Pais (família);
·       Pessoas;
·       Livros;
·       Conhecimento;
·       Um dia intenso de chuva;
·       Sol;
·       Água;
·       A nossa própria companhia;
·       A nossa casa;
·       Silêncio;
·       Um momento de oração;
·       Equilíbrio;
·       Comer;
·       Chá;
·       Café;
·       Amor próprio;
·       O primeiro amor;
·       Amar e ser correspondido;
·       Alma harmonizada;
·       Caráter;
·       Bondade;
·       Fazer o bem;
·       Sorrir;
·       Um amigo;
·       O desconhecido;
·       Viver;
·       Paz interior;
·       Ter pessoas que gostem de nós
·       Arte;

·       Ser feliz!
Fotografia da minha autoria
 
 
 
 
 

Poesia instantânea

mau feitio, 13.02.17

Há um tempo

Que parece que o tempo não passa

Parece que descansa

Um tempo gostoso

É o tempo de criança, da juventude

Dos amigos, dos amores perfeitos, da inquietude

Que tempo maravilhoso!

Há um tempo

Que parece que o tempo não passa

Parece que descansa

É o tempo bom da vida

O momento do mundo quando sorri

Pela alegria repartida

E vê quantos sonhos cabem em si.