Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Sempre foram e sempre serão!

mau feitio, 08.08.19

Os Bon Jovi sempre fizeram e fazem parte da minha vida como a minha banda de eleição! Eu ouço-os desde que me lembro, desde os quatro ou cinco anos... talvez... e nunca mais saíram de mim. Não sei o que é, mas não são os cabelos longos do Jon, como toda a gente pensa, que as mulheres todas gostam deles por isso. É a música... a letra... a mensagem que passam, a garra, a força, a amizade de tanto tempo... ADORO!

Sempre foram e para sempre a minha banda preferida!

A minha música de eleição, claro que é It's my life,  não fosse eu o mau feitio. Mas hoje, partilho outra que também adoro!

 

Where is the love?

mau feitio, 22.07.19

Eu tinha 13 anos quando essa música foi lançada e lembro-me de ouvi-la pela minha adolescência fora.
Já se passaram 16 anos desde então (ESTOU VELHA! ) mas a pergunta é sempre a mesma, por mais que o mundo evolua e todas as ciências se superam, não faz diferença. A pergunta foi, é e, infelizmente, sempre será Where is the love?

 

 

'' People killin' people dyin'
Children hurtin', I hear them cryin'
Can you practice what you preachin'?
Would you turn the other cheek again?
Mama, mama, mama, tell us what the hell is goin' on
Can't we all just get along?
Father, Father, Father help us
Send some guidance from above
'Cause people got me, got me questioning
(Where's the love) ''

E eu pergunto porquê? Até quando essa pergunta será a ''definição'' do mundo em que vivemos?

 

Fontes:
Youtube; 
Google.

Quando éramos apenas felizes!

mau feitio, 05.05.19

Eu nasci no ano de 1990  e fui durante muito tempo a mais nova da minha família,  por isso apanhei e vivi cada batida de todas ou quase todas as músicas dos anos 80 e 90, algumas anteriores a isso, outras pouco posteriores. A música entrou muito cedo na minha vida, desde que me lembro, eu ouço música e gosto de músicas/pessoas que algumas ainda estão no ar, outras, hoje em dia, já (nem) se fala delas. Por exemplo: Modern Talking, Kelly Family, Queen. Abba, Natalie Imbruglia, Celine Dion, As Doce, Dina, Paulo de Carvalho, Pedro Abrunhosa (o meu cantor preferido), Simone de Oliveira e mais, muito mais! 
Eu fui ensinada a gostar de música. Os mais velhos incentivaram-me a gostar de tudo um pouco. E quando eu ponho essas músicas ou pessoas a tocar/cantar no Youtube... eu só me lembro de quando éramos felizes, de quando era Verão e os emigrantes regressavam  a casa e traziam as suas crianças, das festas dos santos de cada freguesia, de brincar na rua, do regresso exausto a casa de um longo dia de piscina e se comia salsichas fritas com batatas fritas depois, lembro-me da minha trotinete roxa que foi ''quem'' me ensinou a andar de bicicleta. Lembro-me dos fins de tarde em que eu ia andar de bicicleta ou de trotinete. Lembro-me dos amigos dos amigos e daquela gente toda que já é mais velha do que eu dez anos, mais ou menos, mas naquela época eram só uns adolecentes a se descobrirem, vestidos, seja como for, era como se podia na altura... mas a gente era feliz. 
A escola abarrotava de gente, havia gente! As camionetas iam lotadas, íamos todos enlatados mas a rir uns dos outros. As meninas mais novas ficavam a ouvir o desenrolar das histórias de amor e muito sofrimento das mais velhas e imaginava-se ''como será quando eu tiver um namorado?'' . Quando os primos se juntavam todos, dos namoros às escondidas... o tempo da alegria. O tempo das apanhadas, das escondidas, da cabra cega, do ''pular à corda''. O tempo dos ''pardais à solta'', das unhas roxas/pretas das quedas, dos joelhos rasgados, das roupas rotas e dos choros desesperados pelas roupas rotas porque as mães iam bater-lhes quando a casa chegavam. Não era pôr de castigo, era bater a sério e, hoje em dia, não há ninguém draumatizado... e, às vezes, os mais problemáticos são mesmo aqueles que nunca levaram umas palmadas.

Era tão bom aquele tempo!

Eu fui criança nos anos 90 e adolescente de 2000 adiante, e foram com essas músicas e muitas mais  com que eu cresci. Eu fui feliz! Agora também, mas lá naquele tempo, eu fui muito feliz!
Acho injusto dizer-se que, agora as crianças/jovens adolescentes não são felizes e que não sabem o que é bom porque eles não têm culpa do tempo da sua infância e juventude e acho que não é algo que deva entrar em competição, porque no fundo, se alguém tem culpa, serão os mais velhos que, implantaram tantas modernidades na vida deles e deixaram-nos sem limite, não os passam valores, só os julgam. Isso está errado. As crianças de hoje não têm culpa do que lhes dão para as mãos, os adultos que o fazem é que têm de saber o que dar.

Abaixo partilho várias músicas desse período de tempo de que me recordo.

 

''Apenas Mais uma de Amor''

mau feitio, 15.04.19

Qual é a vossa interpretação desta música?

A minha: nem tudo o que sentimos pelos outros tem de ser revelado nem retribuido. E não é porque gostávamos que aquilo acontecesse, tem de acontecer. O que sentimos e deixamos de sentir, só a nós nos diz respeito. É algo nosso que ninguém precisa de saber. Se não correr bem, vamos sobreviver.

 

 

Letra:

''Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor obrigação de acontecer
Eu acho tão bonito isso De ser abstrato, baby
A beleza é mesmo tão fugaz
É uma ideia que existe na cabeça E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer
Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer
O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber
Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer
Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer
(Eu Vou Sobreviver)
O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber''

 


Fontes:

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCQp-Cb3GlHz_JhRW13H7bRQ 

 

Quem é fã de Paula Fernandes?

mau feitio, 07.04.19

Olá, olá!
Como foi o vosso Domingo? O meu, vocês já sabem... em casa na ronha. Está frio por aqui... um gelo! E... por aí? 
Para dar inicio a uma NOVA SEMANA,   partilho convosco como ''MúsicaDaSemana'', a música Sensações de Paula Fernandes. Eu ''descobri'' Paula Fernandes há poucos anos, mas logo tomei o gosto. Quem mais gosta?
Cá vai o vídeo:

 

Boa Semana, gente linda! 

Fontes:
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCvnl2_zQCEzGzjRzsityDYQ 

 

''MúsicaDaSeMana'' - Vou Deixar (Skank)

mau feitio, 11.02.19

Para esta semana, escolho esta música:

 

Letra

''Vou deixar a vida me levar
Pra onde ela quiser
Estou no meu lugar
Você já sabe onde é
É, não conte o tempo por nós dois
Pois, a qualquer hora posso estar de volta
Depois que a noite terminar
Vou deixar a vida me levar
Pra onde ela quiser
Seguir a direção
De uma estrela qualquer
É, não quero hora pra voltar, não
Conheço bem a solidão, me solta
E deixa a sorte me buscar
Eu já estou na sua estrada
Sozinho não enxergo nada
Mas vou ficar aqui
Até que o dia amanheça
Vou me esquecer de mim
E você, se puder, não me esqueça
Vou deixar o coração bater
Na madrugada sem fim
Deixar o sol te ver
Ajoelhada por mim, sim
Não tenho hora pra voltar, não
Eu agradeço tanto a sua escolta
Mas deixa a noite terminar não, não
Não quero hora pra voltar, não
Conheço bem a solidão, me solta
E deixa a sorte me buscar não, não,
Não tenho hora pra voltar, não
Eu agradeço tanto a sua escolta
Mas deixa a noite terminar''

 

Info sobre a música:

Artista: Skank
Álbum: Cosmotron
Data de lançamento: 2003

 

Boa semana! 

 

Fontes: 
Youtube - canal Everton Luiz Lima

 

Vamos celebrar a vida?

mau feitio, 08.02.19

Olá, olá! 
Como foi a vossa semana?
A minha foi por casa, só hoje é que saí para tratar de assuntos e ir às compras. Claro que comprei coisinhas para eu comer ao fim de semana (bolachas, fritos...) tudo que faz bem à saúde d'alma! Pelo menos da minha faz e... como faz! 
Hoje, não tenho nada de especial para escrever, mas quis passar para vos dizer Olá!
E, antes de ir, partilho com vocês uma música que é das minhas preferidas, Celebrar dos Jammil.

 

 

A trilha sonora da minha vida

mau feitio, 20.12.17
Música, música, música… quem vive sem ela?
Eu gosto de ouvir música desde muito cedo (4-5 anos),porque duma certa forma fui “obrigada”, uma vez que, fui durante muito tempo amais nova da família e apanhei a adolescência dos meus tios por isso os meus gostos musicais não coincidem muito com a minha idade atual, se bem que, ao longo do tempo, também fui descobrindo o meu próprio gosto. Sendo assim, vou fazer uma lista de algumas músicas ou cantores/bandas que marcaram e marcam a minha vida até hoje:
 
1. Bon Jovi;
2. My way – Frank Sinatra;
3. Blue;
4. Feel e Angel – Robbie Williams;
5. From this moment e Man! I feel like a woman – ShaniaTwain;
6. I can’t help myself, An Angel, Every baby – KellyFamily;
7. Vermelho – Fafá de Belém;
8. A Cantiga do Avô Cantigas – Avô Cantigas;
9. As músicas das Chiquititas;
10.Pedro Abrunhosa;
11. Jardins Proíbidos (com Olavo Bilac), Sei-te de cor,Vais entender (com Fafá de Belem), Ela é (com Anselmo Ralph) e Amor Maior (com Raquel Tavares) – Paulo Gonzo;
12. Excesso;
13. Anjos;
14. Blackstreet Boys;
15. Xutos & Pontapés;
16. Quinta dos Bill;
17. Tony Carreira;
18. José Cid;
19. Os putos – Carlos do Carmo;
20. Paulo de Carvalho;
21. Sobe, sobe balão sobe – Manuela Bravo;
22. I will Survive – Gloria Gainors;
23. Carlos Paião;
24. Sandy e Júnior;
25. Kelly Key;
26. Ricky Martini;
27. Enrique Iglesias;
28. Elvis Presley;
29. ABBA;
30.Queen;
31. Modern Talking;
32. Sinónimos, Evidências, Rancho Fundo e Brincar de ser feliz – Chitãozinho e Xororó;
33. April;
34. Estoy Aquí, Waka Waka- Shakira;
35. Pobre Vagabundo, Rapunzel, O Canto da Cidade, ilêPérola Negra – Daniela Mercury;
36.  Juanes;
37. Deja me llorar – Ricardo Montaner;
38. My immortal  –Evanescence;
39. Rui Veloso;
40. Black Eyed Peas;
41. DZR’T;
42. FF;
43. Il Divo;
44. Alejandro Sanz;
45. Edit Piaf;
46. Ne me quitte pas –Jacques Brel;
47. Amália Rodrigues;
48. Músicas da Hannah Montana (série infanto-juvenil com Miley Cyrus);
49. Ala dos Namorados;
50. Lionel Richie;
51. Jason Mraz;
52.  Imagine Dragon;
53.  Miley Cyrus;
54.  Adele;
55.  Sam Smith;
56.  Aerosmith.
 

Pronto, são muitas, mas são só algumas músicas e cantores/bandas que fizeram e, em alguns casos, ainda fazem parte da trilha sonora da minha vida. Como tudo na vida, uns foram embora com o tempo e outros ainda permanecem. Mas, guardo por todos um carinho gigantesco.

Imagem do Google Imagens