Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Aqui sinto-me em casa. E de que falamos na nossa casa com quem nos faz sentir bem? Sobre tudo!

O blog do Mau Feitio

Aqui sinto-me em casa. E de que falamos na nossa casa com quem nos faz sentir bem? Sobre tudo!

Quem me leva a minha pele?

Boa tarde, como estão?

Eu já estive melhor...

Tudo o que me apetece fazer é estar num quarto escuro, com as janelas todas abertas com água fria a correr para cima de mim... ou então dentro de água, apenas.

Há cerca de duas semanas mais ou menos, comecei a ter muita comichão numa parte do corpo e num abrir e fechar d'olhos... puff!! Pareço uma enorme borbulha, tenho o corpo todo comido, cheio de borbulhas... enormes, pequenas, médias, com volume, sem volume (semelhante à dermatite atópica)... uma coisa linda. Este sábado que passou, fui às urgências. Ainda não eram 07h30 e eu já estava lá... na triagem deram-me a fita amarela que significa urgente (?), o rapaz que me atendeu lá só exclamou ''está péssimo!'',e fui logo direcionada para a sala de atendimento. 

Não demorei muito para ser atendida pelo médico, mostrei como estava, mãos pés, joelhos, cotovelos, pescoço, barriga... mostei também o que já tinha usado: um gel calmante e fenistil que nada fizeram, só me tiraram dinheiro da carteira...

Tudo indica que foi um parasita qualquer... uma vez que nunca tive alergias sazonais e etc. Desde então, estou a tomar um comprimido por dia, juntamente com um xarope que tenho de aplicar com algodão nas zonas onde tenho as borbulhas (NO MEU CORPO TODO) durante uma semana, 2 vezes por dia após tomar banho; manhã e noite. Aquilo arde que se farta.

Hoje já me sinto melhor, mas ainda ontem, ia-me passando de agonias... RRRRRRRRRRRRRRRRRRRR....

Simplemente, não posso estar em casa... quero ar, frescura, vento, mar...

Por causa disso, eu estou muito chata, insurportável. MAS EU NÃO CONSIGO estar melhor do que isso. No entanto, eu sei que não tenho o direito de maltratar as pessoas nem de descarregar em cima dos outros. Toda a gente me chama à razão, zanga-se comigo... dizem para eu me comportar como adulta que sou... eu sei, eu sei, EU SEI!

Mas quando dou por mim, lá estou eu a passar-me de novo. Sinto-me dentro duma bolha a ferver e eu não sei onde me meter.

É nessas horas que duvido das minhas capacidades. Duvido se serei capaz de alguma coisa... eu não serei capaz.

 

Design sem nome.png

Imagem: Design Canva

Toda atrasada...

Possa... esta manhã é para esquecer!!

Não sei o que se passou porque eu fui para a paragem à hora do costume, mas o minibus só ''quis'' passar  16 minutos depois, pelo que eu só entrei no minibus a parcos minutos que devia estar a entrar no trabalho. A minha sorte é que só leva 5/7minutos a chegar cá baixo. 

Ufa...

Mas foi mesmo uma manhã para esquecer... mesmo aqui no trabalho parecia que tudo estava errado... fui fazer coisas fora do escritório, tive de esperar montes de tempo pela minha vez, o telemóvel não carrega... que porcaria de manhã!

Finalmente, é hora de almoço. Estou cheia de fome. Não tive tempo para comer...

image-1090x500.png

Imagem retirada do Google Imagens

A caneta deste blog é minha!

Olá,

Eu preciso de respirar ou melhor desabafar. Não quero ferir ninguém mas tenho de falar.

Então é assim:

Eu criei o blog do mau feitio para ter um espaço onde eu pudesse escrever, falar, conversar, partilhar, desabafar com outras pessoas sem necessariamente me preocupar com a Língua Portuguesa: se os textos estão bem escritos, se tem um erro, uma vírgula a mais ou a menos. Escrever é uma das ações que mais me faz feliz. Eu sei que dou muitos pontapés na Língua Portuguesa, desde já lhe peço desculpa. E a todos aqueles a quem eu incomodo com os meus erros de português. Eu procuro escrever o melhor possível mas sei que me falta subir muitos degraus nessa matéria. No entanto, posso pedir um favor? Leiam o meu blog, a ideia, a história, o momento que quero partilhar sem se preocuparem tanto com isso. Eu sei que, apesar das vírgulas mal colocadas ou do uso excessivo uso de vírgulas,  de um erro ou de muitos erros aqui e acolá, eu estou em cada post, a minha essência, o que quero transmitir está lá.

''Olá pessoas é só um blog!'' .

Claro que quero melhorar todos os dias e recorro a pessoas que entendem do assunto, recorro às ''minhas pessoas''. Mas isso faz-me mal!! Ninguém tem culpa, mas eu não sou capaz de escrever se tentarem corrigir-me pouco a pouco.. Isso faz com que eu perca o interesse, o fascínio... percebem? Eu não me quero preocupar com isso.

EU PRECISO DE ESCREVER PARA BATER BEM, como de água e comida. Escrever faz parte da minha alimentação. 

Para já, é só o meu blog, o meu espaço, meu e de todos aqueles que fazem parte dele. A meu tempo, eu vou melhorando. 

No dia que eu quiser ''vender'' o meu blog eu sei a quem posso recorrer para pô-lo ''bonito e perfeitinho'' sem ferir a Língua Portuguesa. 

Não quero magoar as pessoas que de alguma forma, me tentam alertar para isso, eu agradeço mas parem só por um bocadinho.

Eu só preciso de escrever, só isso. Não pretendo alcançar nada.

E quem lê o blog, sabe que eu funciono assim: quando eu achar que devo mudar, eu mudo. Enquanto todos disserem que tenho de o fazer não farei. O comando da minha vida tenho-o eu e a caneta deste blog é MINHA!

 

A maior mentira do mundo

Tardes quentes de verão

Uma das maiores mentiras do mundo, ou mesmo a maior é esta:

''Podes contar comigo sempre. Sempre que precisares liga-me.'' 

Isto não é verdade! Ninguém está disponível para ti, só para ti 24h por dia ou sempre que precises. As pessoas não te vão atender o telemóvel sempre que lhes ligares, não estarão por perto todas as vezes que necessitares que estejam. A única verdade que existe é que tu só podes contar contigo, porque as pessoas afastam os teus amigos de ti. Porque a vida espalha as pessoas pelo mundo e os amigos são como tardes quentes de verão que estão lá, sempre lá e são ''a melhor coisa do mundo''  mas têm o seu tempo de chegar. 

 

tarde.jpeg

Imagem Google

Há mais fantasmas do que vida em mim

Ontem entrei na igreja na qual eu sempre entro quando vou à cidade. Fui lá chorar. No caminho antes de chegar, já era esse o meu intuito, ir à igreja chorar. Assim ninguém me vê. Ensinaram-me a não chorar à frente das pessoas, porque nos julgam fracos. Eu já sou julgada de tanta coisa (também julgo e muito!) que mais um motivo menos um, tanto faz. Mas desde que duas pessoas me fizeram enxergar como era vista, eu tento chorar sozinha, sempre. 
Enquanto estava sentada num dos últimos bancos de trás, ao lado de uma barata que inaugurei desde logo minha amiga. Até lhe dei um nome mas não me lembro. 
Bom, enquanto estava eu ao lado da minha amiga e chorava silenciosamente para não interromper a missa que decorria, olhava para as pessoas de muita ou pouca fé, porém com fé. Considero que sempre que alguém entra na casa de Deus é sempre com fé, em busca de algo, embora não se saiba o quê e não se tencione buscar nada.
Olhava as pessoas, observava os pormenores ao meu redor, ao mesmo tempo, que me perguntava qual é a razão divina para ser como sou e encontrei uma resposta: não há. Não há uma razão divina para quem nasce com uma deficiência, assim como, para quem morre cedo, para quem já nasce morto, para a fome, para a violência... não há razão divina. Só a ciência consegue explicar milhões de situações que ocorrem na nossa vida, no nosso dia a dia. A ciência, a Natureza e a falta de capacidade dos homens de saber viver.
Mas aí a gente vive... mesmo assim. Mesmo assim, não se desiste. Mesmo assim, é a Deus que procuro na agonia, na tristeza, na solidão, no desespero e na alegria. Não sei bem porquê, não tenho respostas para quase nada na vida da parte Dele. Mas tenho de me agarrar a algo, tenho de me segurar em algo. É na mão Dele que me seguro, que me sustento, mesmo que Ele não me dê razões, eu acredito. 

Merecias que eu não acreditasse em Ti, ouviste?! 

Mas, eu acho que a vida é um propósito cheio de outros propósitos e se mesmo sem uma única razão eu Lhe procuro, haverá um propósito que espero um dia compreender. 

f.jpg

 

Imagem do Google Imagens

 

Expressando vontades

Eu estou com mau feitio 

 

Não é nada demais!! Tá tudo bem! 
É só uma vontade.... 
Vontade de partir cabeças, encher a cara de algumas pessoas de porrada, atirá-las contra a parede, partir cada ossinho delas, mas não... uma pessoa civilizada não faz nada disso, uma pessoa civilizada, com boa educação e boas maneiras apenas sorri, responde ''Não... está tudo bem! Não faz mal.'' e sai com a melhor delicadeza.
Era só isto.

Sobre mim

foto do autor

Calendário

Abril 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Frase do Mês

Ler o post

Informação

A maioria das imagens e vídeos utilizados no blog são retirados da Internet. No entanto, se for o autor de alguma imagem ou vídeo e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail ou deixe nos comentários que logo que possível serão retirados.
Blogs Portugal

Escrito antes

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D