Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Desafio - 30 DIAS ESCREVENDO

Inicio a 01 de Outubro de 2022 Ler o post

DEZ MEMÓRIAS

mau feitio, 01.06.22

Olá,

Feliz Dia da Criança!!

Neste dia que é um pouco de todos nós, lembrei-me de fazer uma lista de dez memórias que me fazem recuar no tempo e voltar à minha infância 

1- Bicicleta, trotinete roxa, patins, skate
Sempre fui fascinada por isso, e ainda sou. Tive tudo e adorei, excetuando o skate que o tive mas nunca aprendi a andar decendemente. Sempre fui viciada em andar de bicicleta, patins trotinete, inclusive foi a minha trotinete roxa ''quem'' me ensinou a andar de bicicleta.

2- Chicharros fritos com melancia e iscas de fígado com batatas fritas
Simplesmente, comida de Verão. Delicioso!!

3- Circo
Já escrevi um post a falar sobre isso, as idas ao circo são uma das recordações mais bonitas da minha infância.

4- Emigrantes
Gostava muito de quando chegava o Verão e a freguesia se enchia de gente, de cor, de euforia, de crianças...

5- As Marchas de São João
No final do ano letivo, cada escola criava a sua coreografia para depois irem todas as escolas se apresentarem. Gostava mais porque era o fim de ano.

6- Carnaval
Eu nunca gostei, mas a minha mãe fazia questão de fazer uma fantasia diferente todos os anos. Portanto, eu fui palhaço, abelha, bailarina, coelhinho, rainha do samba (rainha do samba - segundo a minha mãe) e mais alguma personagem que não me devo estar a lembrar. Mas tudo feito pela minha mãe pormenorizadamente. 

7- Franklin
Eu adorava esses desenhos animados. 

8- Chiquititas de 1997 
Alguém se recorda de assistir?

9- O Jardim da Celeste
Assim como as Chiquititas, eu adorava assistir. Chegava a casa e ficava à espera da hora para assistir.

10- Os Jogos Sem Fronteiras
Lembro-me de ver com a minha família. Gostava bastante. 

Bom, estas são dez de muitas memórias que me fazem voltar à minha infância.

Desejo-vos um ótimo Dia da Criança para todos, mas antes de ir partilho uma frase de Franklin Roosevelt  que vi há pouco e concordo porque acho que passamos a maior parte do tempo a culpar o mundo, o sistema, a sociedade  por todo o mal que nos acontece, mas esquecemo-nos que podemos melhorar todos os dias um pouco da nossa vida, que o comando da nossa vida é nosso e depende muito de nós o que as nossas crianças aprenderão e farão futuramente.

Lembrem-se que muito daquilo que nós somos hoje vem da nossa infância, logo as crianças do futuro serão muito da educação, dos principios e valores que lhes são incutidos.

Ei-la:

Nem sempre podemos construir o futuro para nossa juventude, mas podemos construir nossa juventude para o futuro.

 

Feliz Dia da Criança.png

 

'' O sol está cansado ''

Que doçura!

mau feitio, 25.08.19

Sexta-feira, fui à Vila tratar de uns assuntos que precisava e de toda a semana, foi o melhor dia da semana... pois por estas bandas tem chovido a potes sem nunca parar. 

Bem, estava no autocarro já a meio da viagem, entretanto entra um menino de 5 anos com a sua avó, sentaram-se no banco à frente no qual estava sentada e o menino em conversa com a sua avó, quase num monólogo disse: '' o sol está cansado ''. 

Quando eu ouvi isso, o meu coração encheu-se. Adoro ouvir essas opiniões das crianças, são tão ingénuas e tão verdadeiras. Apeteceu-me levantar-me e abraçar aquele menino. Que doçura!! 

Não é lindo ouvir da boca de uma criança que '' o sol está cansado ''?

 

sol-imagem-animada-0724.gif

Imagem do Google Imagens

 

 

BASTA!

mau feitio, 20.09.18
Eu vou dar a minha opinião curta, grossa e direta sobre maus – tratos a crianças: Sinceramente, eu ACHO que devia haver uma lei única a nível mundial que atribuísse pena de morte a qualquer adulto que maltratasse, não importa como, uma criança! 
A sério, o que as pessoas têm na cabeça? Que pais agridem os filhos violentamente, deixando-os com marcas físicas e psicológicas? Que animais é que abusam sexualmente duma criança?! Que professores são esses que reprimem as crianças? Que educadores são esses que diferenciam as crianças? Que auxiliares de educação são esses que chantageiam as crianças? Que baby -sitters são essas que descurem das crianças? Que de raça que essa gente é?!  Eu não sou Deus e que Ele me perdoe mas era a M O R T E!Nem precisavam de sofrer, era assim: maltratou uma criança? Páh! Uma bala nomeio da testa. Devia ser a nível mundial! Não tem paciência para crianças? Não estejam com elas! Não sejam professores, não sejam educadores, não trabalhem com elas, NÃO SEJAM PAIS! Mas, se forem porque simplesmente aconteceu, recorram a autoridades para encontrar uma família que cuide, proteja, que as ame, se não querem ter essa responsabilidade, se é demais para vocês! Se sabem que não têm paciência de criar, cuidar, dedicar a vossa máxima atenção, amar NÃO ADOTEM!Não se envolvam com ninguém que já tenha filhos, se não é essa a vossa vocação! Se estão em abstinência sexual, paguem um(a) prostituto(a). Procurem um psicólogo, um psiquiatra, alguém da vossa idade, do vosso tamanho. E, POR UMA VEZ POR TODAS, NÃO MALTRATEM CRIANÇAS! Sejam pessoas! Ninguém é obrigado a amá-las, a cuidar, a criar. Só quem se compromete a isso. Se não se querem comprometer com isso, façam o vosso papel como cidadão de recorrer as pessoas competentes, informem-nos da situação ocorrente ( se não querem criar, se não têm meios...) mas passem longe! Mais vale assumir que não estão dispostos, do que tratar uma criança mal. Mais vale ser como a Juno. Juno é um filme que conta a história de uma adolescente que engravida e decide dar o filho a uma família que realmente quer ter filhos, pois ela ainda não se sente preparada para ser mãe. Ela foi mais madura do que muito adulto. E, antes de tirar um curso para trabalhar com crianças ou aceitar isso, se não têm paciência para ''sofrê-las'', procurem outro caminho. BASTA DE MALTRATAR CRIANÇAS!


Imagens do Google Imagens
Colagem e edição da minha autoria