Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Quem tem uma Margarida em casa tem o jardim florido o ano inteiro

Bom dia

Só vim desejar um Feliz Dia da Mãe para todaas as mães que me estão a ler, vocês são maravilhosas e lindas e poderosas e corajosas e muito mais!

Como não podia deixar de homenagear a minha Margarida, o meu amor primeiro, a minha primeira médica, fisiatra, fisioterapeuta, terapeuta da fala, professora, psicóloga ou seja MÃE, aqui está ela:

 

DSCF2248-COLLAGE.jpg

Esta é a minha MÃE, a minha Margarda!!!

Feliz dia!

Beijs

 

Feliz Dia do Pai!!!

Hoje é novamente Dia do Pai e eu já falei com o meu pai mas à exceção dos anos anteriores, não comprei presente devido ao Covid-19 que não permite grandes deslocações.

Eu sei que isso não é importante mas gosto de lhe oferecer sempre qualquer coisa  assim que isto melhore, assim esperamos todos nós, hei-de  comprar algo. 

Bem... não vou escrever outra vez um post a falar sobre o que é para mim ter um pai, porque acho que isso 'tá mais do que escrito aqui no meu blog.

Eu amo muito o meu pai, o meu rataninha que apesar dos seus 63 anos continua a ser um rapazin' sorridente e com uma energia de fazer inveja a muitos putos. E é isso que me encanta nele, a sua alegria de menino perante todas as dificuldades que a vida lhe tem vindo a apresentar ao longo da sua existência.

2aa662b-feli-dia-pai.png

Feliz Dia do Pai!!!

Beijs

 

Fim de capítulo - coração apertado -

Olá, 

Talvez não estejam curiosos por saber o final da história do coração apertado, mas vou contar.

A verdade é que não teve principio sequer, depois do último post o coração apertado tomou a iniciativa de perguntar o que a outra parte queria e a resposta não foi favorável aos desejos  do apertado. Segundo a outra parte, foi só um momento. Ok... o  apertado ficou desiludido mas nada que já não esteja superado.

Na verdade, não deu tempo para sentir alguma coisa,  embora se tivesse continuado provavelmente sentiria e se bem conheço o  apertado, algo bem forte. O coração apenas ficou desiludido com a atitude da outra parte que não foi direto. Apenas isso.

Mas uma vez que outra pessoa é alguns anos mais nova do que o coração apertado, este deu um desconto, afinal a malta jovem quer é curtir e muda de sentimentos do dia para a noite ou simplesmente essa pessoa avaliou a situação e viu que o coração apertado não é a pessoa certa.

Bom, sem mágoas. Passado uma semana, o coração apertado continua a frequentar o local onde trabalha essa pessoa. Apenas o  apertado cortou o sorriso, porque a outra parte devia ter sido direta e pareceu que queria mais mas não teve coragem de dizer frontalmente tudo o que queria

Outro facto que é estranho em relação a essa pessoa é que uma semana depois assumiu uma relação com outra pessoa, segundo aquilo que consta nas redes sociais o começo da relação é de dois dias antes da saída com o  apertado. Se calhar, as redes sociais enganaram-se na data 

Enfim... sem mágoas nem rancores, repito. Apenas sorriso fechado e contactos eliminados de todas as plataformas, afinal nem amizade tinha nascido ainda...

#vidaquesegue

Boa noite

Olá.

Boa tarde,

Então como passaram o Carnaval? Eu passei em casa com os meus pais. Uma vez que não me deu jeito ir passar o fim de semana à terrinha, decidi fazer-lhes uma surpresa, levantei-me às 6h00 da manhã, pôs-me em 10 minutos na paragem e passei o feriado com eles.

Confesso que me estava a sentir mal por não ter ido no fim de semana e de estar a adiar para o dia seguinte... eu sei que os meus pais sentem muito a minha falta. Embora respeitem a minha escolha de viver sozinha na cidade, gostam que eu vá passar os fins de semana a casa. Vou de 15 em 15 dias para eu também poder aproveitar a cidade ao fim de semana. É um ponto de equilibrio.

Regressei esta manhã, com 2 horas (ou menos) de sono, 2 horas de viagem, estou a cair mesmo.

coffee1.jpg

Mas nada que logo quando sair do trabalho e chegar à minha cama não se resolva.

Apesar do imenso cansaço que sinto e do esforço para manter os olhos abertos, eu sinto-me bem melhor. Passei o feriado com os meus pais. Estava a sentir-me péssima por estar a adiar a minha ida e ouvir a tristeza nas suas vozes.

Bom... espero que tenham uma ótima quarta-feira.

Vamo-nos ''vendo'' por aqui.

Beijs.

 

Imagem_do_Google_Imagens

 

Diversidade e o Universo LGBTQIAP+

Boa tarde pessoas lindas,

Como estão nesta tarde de terça-feira?

Novidades? Por aqui tudo na mesma 

Já algum tempo atrás eu assisti a um vídeo do canal de Youtube GIOH que eu sigo e achei muito interessante. O vídeo consiste  numa conversa sobre alguns termos e/ou palavras sobre o universo LGTBQIAP+ com o objetivo de nos ajudar a conhecer esse universo.

Achei super interessante e giro.  Eu confesso que não conhecia metade do que foi falado, pelo que me ajudou imenso a conhecer mais um pouco sobre esse universo por isso partilho convosco.

Eis o vídeo:

 

Beijs.

 

''Apenas Mais uma de Amor''

Qual é a vossa interpretação desta música?

A minha: nem tudo o que sentimos pelos outros tem de ser revelado nem retribuido. E não é porque gostávamos que aquilo acontecesse, tem de acontecer. O que sentimos e deixamos de sentir, só a nós nos diz respeito. É algo nosso que ninguém precisa de saber. Se não correr bem, vamos sobreviver.

 

 

Letra:

''Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor obrigação de acontecer
Eu acho tão bonito isso De ser abstrato, baby
A beleza é mesmo tão fugaz
É uma ideia que existe na cabeça E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer
Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer
O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber
Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer
Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer
(Eu Vou Sobreviver)
O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber''

 


Fontes:

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCQp-Cb3GlHz_JhRW13H7bRQ 

 

Será mesmo amor?

À minha volta, eu vejo todas as pessoas a se casarem ou a viver juntas. E a minha questão é: será mesmo amor? Eu faço essa pergunta porque eu não vejo amor quando olho para muitos casais. Eu sei que não sou eu que tenho de ver nem de saber, não é da minha conta e que o tempo vai esfriando as relações. Apesar de não saber, eu sei.
Quando digo ''à minha volta'' não me refiro propriamente à minha localização geográfica, mas sim, mundo, sociedade.
Mas, é o que leva as pessoas ou parte delas ao casamento ou a viverem com o/a companheiro/a?
Amor será em alguns casos. Mas e noutros? 
Como disse à minha volta, eu vejo  (e, muitas vezes, ouço da boca de terceiros e dos próprios) um enorme desespero por não serem rotulados como solteirões, tias, sozinhos. E na minha opinião,algumas pessoas fazem-no por medo da solidão, vergonha do rótulo ou apenas continuação do ciclo, porque os bisavós o fizeram, os avós o fizeram, os pais o fizeram, porque chega-se a uma determinada idade é hora de resolver uma vida, porque ''fica mal'', porque aconteceu engravidar. E por outras razões. Eu tenho várias amigas que namoram mas ainda não deram o nó por opção e são questionadas por isso. Ah... eu também ainda não dei o nó nem tenho laço, de momento. Mas, no meu caso, diz-se que é porque eu sou deficiente e ninguém me pega.  Claro que não que ninguém me pega. Deve ser pecado ou algo do género. Dizem as ''boas línguas'' que se uma pessoa está solteira e tem mais de 20 anos é porque é deficiente ou p*ta ou cabr*o ou é  mau termino de vida, vai ficar para tia, solteirão ou solteirona...ah... também  há a designação ''fora do prazo''. E, para muitas pessoas quem se casa às pressas para esconder a barriga, porque está na hora, porque morrem de medo de ficar sozinhas e serem rotuladas com os nomes mais hediondos, por questões financeiras, porque não vivem bem com a família é que estão certas. O que para mim, é tudo uma parvoíce! Mas assim se pensa. Eu não digo que estejam erradas, pois '' cada cabeça, sua sentença '' e cada qual tem as suas razões e se vivem bem com a sua vida, deixa viver. Mas, se é amor em alguns casos? Atenção que, isto não é julgamento. Apesar de ser julgada e rotulada porque nasci com uma deficiência. Sinceramente? Eu não me vejo assim, nunca me vi assim e recuso-me a ver-me assim. Eu cá, vou vivendo a minha vida, se encontrar laço para  dar nó, encontrei, senão, tenho a minha vida, os meus amigos, sentindo-me bem... 'tá tudo bem. Pois na minha opinião, não temos de fazer nada à pressa, com medo de repressálias e de rótulos, temos sim, que fazer quando e estamos prontos para isso de acordo com a outra metade. porque o amor é lindo, quando o sabemos viver e sentir. Bom... e vocês o que acham? Talvez, seja eu que não saiba nada sobre o amor.
Sempre a desenvolver o pensamento viva e deixe viver. 
Beijs.

istock_82086545_large.jpgImagem do Google Imagens

 

Mais sobre mim

foto do autor

Frase do Mês

Sem frase.

Guardados no baú

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Depois não digam que eu não informei

1-Devido à importação dos textos de uma plataforma para outra, alguns deles surgiram sem espaço entre as palavras, sem pontuaçãoetc. De modo que, alguns posts anteriores a 5 de Nov. de 2018, ainda estão por corrigir. 2-Relativamente às imagens utilizadas no blog, como sempre refiro a fonte no fim de cada post, a maioria delas são retiradas da Internet. No entanto, se algum autor de alguma imagem ''passar por aqui'' e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail que logo que possível a imagem será retirada. As restantes, são mesmo fotografias minhas e outras são criadas por mim com auxílio de alguns programas de edição de fotografia e design. Em todo o caso, eu identifico sempre a origem de todas as imagens e fotografias utilizadas no blog.

Fala comigo em

blogdomaufeitio@sapo.pt