Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Quando éramos apenas felizes!

Eu nasci no ano de 1990  e fui durante muito tempo a mais nova da minha família,  por isso apanhei e vivi cada batida de todas ou quase todas as músicas dos anos 80 e 90, algumas anteriores a isso, outras pouco posteriores. A música entrou muito cedo na minha vida, desde que me lembro, eu ouço música e gosto de músicas/pessoas que algumas ainda estão no ar, outras, hoje em dia, já (nem) se fala delas. Por exemplo: Modern Talking, Kelly Family, Queen. Abba, Natalie Imbruglia, Celine Dion, As Doce, Dina, Paulo de Carvalho, Pedro Abrunhosa (o meu cantor preferido), Simone de Oliveira e mais, muito mais! 
Eu fui ensinada a gostar de música. Os mais velhos incentivaram-me a gostar de tudo um pouco. E quando eu ponho essas músicas ou pessoas a tocar/cantar no Youtube... eu só me lembro de quando éramos felizes, de quando era Verão e os emigrantes regressavam  a casa e traziam as suas crianças, das festas dos santos de cada freguesia, de brincar na rua, do regresso exausto a casa de um longo dia de piscina e se comia salsichas fritas com batatas fritas depois, lembro-me da minha trotinete roxa que foi ''quem'' me ensinou a andar de bicicleta. Lembro-me dos fins de tarde em que eu ia andar de bicicleta ou de trotinete. Lembro-me dos amigos dos amigos e daquela gente toda que já é mais velha do que eu dez anos, mais ou menos, mas naquela época eram só uns adolecentes a se descobrirem, vestidos, seja como for, era como se podia na altura... mas a gente era feliz. 
A escola abarrotava de gente, havia gente! As camionetas iam lotadas, íamos todos enlatados mas a rir uns dos outros. As meninas mais novas ficavam a ouvir o desenrolar das histórias de amor e muito sofrimento das mais velhas e imaginava-se ''como será quando eu tiver um namorado?'' . Quando os primos se juntavam todos, dos namoros às escondidas... o tempo da alegria. O tempo das apanhadas, das escondidas, da cabra cega, do ''pular à corda''. O tempo dos ''pardais à solta'', das unhas roxas/pretas das quedas, dos joelhos rasgados, das roupas rotas e dos choros desesperados pelas roupas rotas porque as mães iam bater-lhes quando a casa chegavam. Não era pôr de castigo, era bater a sério e, hoje em dia, não há ninguém draumatizado... e, às vezes, os mais problemáticos são mesmo aqueles que nunca levaram umas palmadas.

Era tão bom aquele tempo!

Eu fui criança nos anos 90 e adolescente de 2000 adiante, e foram com essas músicas e muitas mais  com que eu cresci. Eu fui feliz! Agora também, mas lá naquele tempo, eu fui muito feliz!
Acho injusto dizer-se que, agora as crianças/jovens adolescentes não são felizes e que não sabem o que é bom porque eles não têm culpa do tempo da sua infância e juventude e acho que não é algo que deva entrar em competição, porque no fundo, se alguém tem culpa, serão os mais velhos que, implantaram tantas modernidades na vida deles e deixaram-nos sem limite, não os passam valores, só os julgam. Isso está errado. As crianças de hoje não têm culpa do que lhes dão para as mãos, os adultos que o fazem é que têm de saber o que dar.

Abaixo partilho várias músicas desse período de tempo de que me recordo.

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Guardados no baú

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Depois não digam que eu não informei

1-Devido à importação dos textos de uma plataforma para outra, alguns deles surgiram sem espaço entre as palavras, sem pontuaçãoetc. De modo que, alguns posts anteriores a 5 de Nov. de 2018, ainda estão por corrigir. 2-Relativamente às imagens utilizadas no blog, como sempre refiro a fonte no fim de cada post, a maioria delas são retiradas da Internet. No entanto, se algum autor de alguma imagem ''passar por aqui'' e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail que logo que possível a imagem será retirada. As restantes, são mesmo fotografias minhas e outras são criadas por mim com auxílio de alguns programas de edição de fotografia e design. Em todo o caso, eu identifico sempre a origem de todas as imagens e fotografias utilizadas no blog.

Fala comigo em

blogdomaufeitio@sapo.pt