Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Na rua de todos os segredos

Na rua de todos os segredos,
 
Mora o Passado que deixou de sair de casa há muito,
 
Sentado na taberna com o seu copo de vinho meio cheio está o Esquecimento, que, ainda se lembra de quando era novo.
 
A ver quem passa por detrás das cortinas de renda minuciosamente bordada à mão, está a Dona Saudade. O senhor doutor recomendou-lhe beber 2L de água por dia para compensar a imensidão que chora todo o dia.
 
A lavar a valeta com o sangue das feridas abertas, pode-se ver a Dor.
 
Lá no cimo do monte espreita-se a Memória, que se esqueceu do caminho de volta.
 
Se virarmos a esquina está a menina Recordação a fazer recados à senhora Lembrança.
À esquerda, está o anão chamado Medo, o rapaz passa o dia a tremer, não se sabe porquê. Diz ele que é segredo.
E, pela rua abaixo de sacola às costas, meio adormecido, com o rosto a escorrer de lágrimas, vai o Coração.
Pois, perdeu a menina dos seus olhos, a sua Felicidade. Foi-se embora sem avisar ninguém.
Em tempos, morou na rua a linda Alegria,
Filha da senhora Esperança, dona da mercearia e do senhor Contente,
Mas, após o desaparecimento misterioso do menino Feliz, filho mais novo do casal.
Ninguém sabe direito o motivo, mudaram-se de moradia.
Dizem as beatas pouco coscuvilheiras que foi a impiedosa Maldade,
É poderosa e tornou-se dona da cidade.
Com ela, vieram o seu marido Rancor, os filhos Ira e Ressentimento e, ainda a pobre sobrinha Solidão cuja mãe faleceu, a Infelicidade, irmã da Maldade.
Na rua de todos os segredos, ninguém sabe de nada,
Passam-se coisas esquisitas mas toda a gente diz que é segredo.
Os únicos que podem saber a história da rua são o passado e o medo.
Mas, o passado diz que não vale a pena falar no que já passou e o medo só treme o dia inteiro.
A Saudade chora rios e mares toda a vez que se lembra.
A Recordação ainda é menina, a Lembrança é velha, diz que quer viver o fim da sua vida em paz.
O Esquecimento faz-se de esquecido e a Memória ainda não regressou a casa.
A Dor tem as feridas abertas, recusa-se em contar seja o que for.
Restam as beatas Maledicência e D. Maria Cusca que dizem tanta coisa, sabe-se lá o que é verdade.
No fundo, toda a gente sabe de alguma coisa mas ninguém conta nada.
O presente arranjou emprego noutra localidade e o comboio do futuro vem atrasado.
E quando se pergunta à rua o que lhe aconteceu, ela diz que é segredo.
 
 


Mais sobre mim

foto do autor

Guardados no baú

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Depois não digam que eu não informei

1-Devido à importação dos textos de uma plataforma para outra, alguns deles surgiram sem espaço entre as palavras, sem pontuaçãoetc. De modo que, alguns posts anteriores a 5 de Nov. de 2018, ainda estão por corrigir. 2-Relativamente às imagens utilizadas no blog, como sempre refiro a fonte no fim de cada post, a maioria delas são retiradas da Internet. No entanto, se algum autor de alguma imagem ''passar por aqui'' e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail que logo que possível a imagem será retirada. As restantes, são mesmo fotografias minhas e outras são criadas por mim com auxílio de alguns programas de edição de fotografia e design. Em todo o caso, eu identifico sempre a origem de todas as imagens e fotografias utilizadas no blog.

Fala comigo em

blogdomaufeitio@sapo.pt