Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Extremamente desnecessário!

mau feitio, 03.04.19

O que  vou contar já se passou há algum tempo, mas ficou-me na cabeça até agora, porque achei mesmo desnecessário. MESMO! 
Acho que era de manhã, ia eu a descer uma rua em direção ao trabalho ou a subir... já não sei. 
Mas ia eu na rua e próximo de mim, ia uma mãe e dois ou três filhos (digo filhos porque sei que são mas não vou mencionar nomes, ÓBVIO). Continuando... uma das crianças ao ver-me, começou-se a rir do meu ''andar''. Explico, eu tenho a perna esquerda mais curta cerca de 2cm, ando bem mas, às vezes, puxo um pouco, quando mais enferrujada, cansada, doente... isso também depende das pessoas, há pessoas que são distraídas, outras que veem todos os pormenores.
Então... eu ouvi a criança a rir-se e a dizer: ''aquela rapariga anda assim...'', imitando-me. Nisto, a mãe dá-lhe um estaladão! E disse: ''Não gozes! Aquela pequena tem um problema.''... eu não concordo com isso. Eu concordo que, um corretivo só faz é bem. Mas não é preciso um estaladão. A criança ficou atordoada... nesse caso, acho que a mãe chegava a criança para junto de si e explicava o porquê do meu ''andar''. A criança riu-se de mim, mas eu nunca levei isso a mal vindo de crianças. Quando eu também era uma, levava. Mas... agora depois de adulta, basta olhar para as crianças, como quem diz ''eu sei que te estás a rir de mim'' toda séria, que elas param ou se não eu pergunto ''o que é?'' e elas fogem rindo-se e eu a rir-me também. E o que tem? Criança é assim mesmo. Às vezes, perguntam-me porquê que eu nasci assim, eu respondo que saí assim da barriga da minha mãe e  não tem cura, pronto. Não é preciso mais conversas!
Com crianças, a resposta mais simples e verdadeira é a melhor! 

Até porque elas (crianças) não vão assimilar muita explicação. Elas pensam um bocadinho no assunto e aceitam na boa. Na história que contei, era só isso o necessário a fazer-se. No entanto, a mãe esteve errada dando na criança, porque não a ensinou nada.
Há pais que não mexem uma palha para corrigir os filhos, outros que quase os arrebentam de pancadas. 
Querem saber? Antes uma criança do que um adulto. 

 

 

agressivo-620x428.jpg

Imagem: Google

2 comentários

  • Imagem de perfil

    mau feitio 03.04.2019

    A criança não percebeu, só ficou atordoada. E era mesmo um ''peluchinho'' de ter vontade de pegar ao colo.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.