Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Eu fui discriminada por isto?!

mau feitio, 16.08.18
Olá,pessoal!


Hoje vou contar algumas situações que ocorreram no meu passado em que de uma certa forma fui discriminada por pessoas que, na minha opinião, não se veem ao espelho há muito tempo. Antes de continuar, preciso dizer que este é um texto para rir e não para comover nem revoltar ninguém,porque até para mim, tem muita piada. Da mesma forma que não é para comover nem revoltar, também não é para ofender. Não se sintam ofendidos. E, sim desfrutem!

Bem… ser discriminada por alguém, tipo espeto (pele e osso) por exemplo, é de ficar embasbacada(o) a pensar ‘’não te vês ao espelho há quando tempo amigo?’’. Ok, ok… cada um é como é, e a discriminação ou seja lá o que for, é má vinda donde vier. O que eu quero dizer é que às vezes, apetece-me ‘’perguntar’’em alto e bom som, com altifalante e tudo ‘’a sério… eu fui discriminada por um espeto?! ‘tás a brincar?!’’. A sério… se vocês soubessem quantas vezes e que pessoas já me franziram o nariz ao perceber que tenho uma deficiência… é de olhar p’ró céu e esperar que Alguém me responda.

Passo a contar algumas situações:

Por acaso, esta já me aconteceu mais que uma vez. Fui abordada por um rapaz franzino, trinca-espinhas, espeto, que assim que percebeu que eu tenho uma deficiência afastou-se consideravelmente. Por vários dias fiquei a matutar, mas depois eu parei e disse ‘’estás a sentir-te mal porquê? Ele é um espeto! Tu foste rejeitada por um espeto, mulher! AGRADECE A NOSSO SENHOR!’’
 
Outro do mesmo género, com 3cm a mais do que eu, fez a caridade de conversar comigo mas, esteve todo o santo tempo a dizer ‘’tu ésmuito pequenina’’ como se isso fosse a maldição do mundo, eu só pensava ‘’ele não está bem, é quase do meu tamanho’’. Para finalizar o género espeto, fui rejeitada por um trinca-espinhas com olheiras de ‘’agarrado’’ até ao umbigo que, se lembrou da namorada assim que eu abri a boca. Eu só fiquei a olhar para ele. 

Segunda situação, vocês conhecem os fora de forma? Os que nunca estão em forma, mas costumam ter abdominais, só que estão num momento péssimo da vida? Os chamados texugos? Pronto, eu presumo que como eu estou sempre em forma, fogem de mim porque não se sentem ao mesmo nível. Coitados… eu também não queria um texugo ao meu lado. Quando acontece, um texugo ou uma texuga rir-se de mim, eu penso ‘’está a rir para não chorar’’.

Terceira situação, os paralisados. Esta tem duas vertentes. Primeiro, quando eu digo ‘’eu tenho paralísia cerebral’’ eles PARAM!São os paralisados horrorizados. Nunca mais verbalizam nada. Amores, assim não dá, não é? Segundo, os historiadores. O que é isso? Paralisado historiador é aquele que ao descobrir espalha pelo mundo e fala, discute, avalia, comenta… durante anos a fio.  ‘tão a ver? Eu só penso ‘’tens a certeza que não te falha nada?’’.

Quarta situação, quando são aquelas pessoas que se julgam ''perfeitas'' que olham por cima do ombro e Meu Deus, je ne sais quoi... para mim são um pacote de plástico vazio. É só o que eu penso.
 
A mais hilariante de todas é quando sou observada por outro (d)eficiente.Uma vez, estava num café a almoçar e ao meu lado estava uma pessoa de cadeira de rodas a olhar sem parar para o meu braço. Eu não sei o que essa pessoa estava pensar mas, eu pensei ‘’ sim? Eu tenho uma paralisia no braço… e daí? Tu andas de cadeira de rodas. Podes olhar para outro lado, acho que já  deu para entender que somos ‘’iguais’’ ’’. Também já fui gozada por outras pessoas com deficiência que me imitavam a falar e tinham uma deficiência na fala. É RIDÍCULO! ''Falas pior do que eu e ainda me imitas? Que coisa linda vai sair daí!''

Uma vez, alguém que frequentava o psiquiatra uma vez por semana e se entupia de medicamentos para se sentir melhor consigo mesma, chamou-me de atrasada mental. Eu respondi mas ao mesmo tempo pensei '' andas no psiquiatra e drogas-te o dia inteiro, deixa 'tar. É como quiseres.''.


Tenho mais situações, mas estas foram as mais hilariante e como disse no inicio é para rir apenas. Outras, foram mesmo ofensivas e prefiro não contar.

Pessoal, cada um é como é. Mas, como as pessoas julgam-me pelo aspeto, eu também olho para o aspeto delas nessas situações e são esses pensamentos que me ocorrem. No entanto, em alguns casos, ou é ignorância ou é mesmo não querer perceber e evoluir.
 
Pessoal, eu tenho paralisia cerebral mesmo, eu sou assim mesmo e ao meu lado só andam TOP MODELS! 😜😝😛😋😁😂😃Eu dou-me com todo o tipo de pessoas: gordas, amarelas, (d)eficientes, barbies... tanto me faz a aparência e o aspeto, como vivem... se não tiverem problemas comigo, eu não tenho com ninguém. Mas, quando começam a ter... eu também tenho.  Quem me quiser, aqui estou eu, quem não vire à esquerda,  depois à direita,  para cima,  para baixo e fique aí mesmo em baixo no quinto dos infernos. ‘tá? Só uma dica: comprem um espelho de corpo inteiro e todas as manhãs, antes de sair de casa, olhem-se de frente, vejam as vossas forças e qualidades mas ENXERGUEM  a vossa podridão. Toda gente tem a sua. Eu também. Às vezes, nós somos rejeitados e avaliados e ficamos a sentir-nos mal por isso, mas quando a dor passa, reparamos nesses pormenores cómicos dessas pessoas e damos gargalhadas infinitas. Ainda bem, que não nos quiseram.
 

GIF Maker