Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

Ainda que não... eu amo-te!

mau feitio, 27.02.18
Ainda vives em mim. Tão vivo e profundamente profundo.Estranhamente estás entranhado em mim. És a minha droga não consumida, a minha bebida e comida preferidas. Ainda vives em mim porque não te esqueci, porque eu não te quero esquecer, porque se te esquecer eu perco-te e aterroriza-me perder-te. És a minha obsessão e a minha dor, mas tão contrária dor que adoça,que alimenta os meus dias de chuva, plantando exíguas sementes de felicidade regada por gotas de prazer. Ah… que prazer é este, que me mata, que me afoga,que me rasga, que me pisa?! Onde estás tu? Porque que é que eu nunca te tive?Mas eu tive-te sem te ter tido porque eu sinto-te sem nunca te ter sentido. Que razão é esta que me faz amar-te sem te amar? Que amor é este que existe sem existir-te? Quem sou eu depois de ti? Já me procurei e só me vejo em ti,procuro-te e não te vejo. Mas, ainda que não te veja, ainda que não te tenha,ainda que não te sinta, ainda que não me exista em ti, ainda que não te ame, eu não te esqueço porque se te esqueço eu perco-te e aterroriza-me perder-te porque eu vejo-te, eu tenho-te, eu sinto-te, tu existes em mim e eu amo-te!

Imagem do Google Imagens