Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Aqui sinto-me em casa. E de que falamos na nossa casa com quem nos faz sentir bem? Sobre tudo!

O blog do Mau Feitio

Aqui sinto-me em casa. E de que falamos na nossa casa com quem nos faz sentir bem? Sobre tudo!

Fui tola? Sim, mas...

Na semana passada aconteceu algo que me deixou tão desconfortável que me levou a levantar-me da mesa do café sem tocar naquilo que acabara de pagar para comer.

Quase todos os dias por volta das 16h30, vou a um café tomar alguma coisa. Vou sempre ao mesmo café e até sou muito bem atendida, não tenho razão de queixa, até que... há um(a) funcionário(a)... (não vale a pena ires ao ginásio que sempre que abres a boca... estragas tudo...).

Primeiro, atrás de mim na fila para atendimento, surge um pai que na brincadeira (sim, eu percebi que era na brincadeira) pergunta ao filho de 5 ou 6 anos, suponho eu,  qual é o tabaco que ele quer porque o menino estava a brincar no ecrã da máquina de tabaco. O CAFÉ TODO olha para ele, mas o gajo só repara em mim.

Ele tenta explicar-se DA PIOR MANEIRA.

- ''Agora toda gente pensa que vou dar tabaco ao meu filho...'' - disse, dirigindo-se para a senhora que o acompanhava.

- ''Eu não vou dar cigarros ao meu filho, não se preocupem. Eu não sou cigano!'' - exclamou.

O QUÊ?!

Eu não posso ouvir essas coisas!!

Não é preciso ser-se cigano para se ser negligente com um filho.

Existem bons pais e maus pais de todas as etnias, raças, estatutos e classes sociais!

E, de repente, do nada... penso que foi por que me ouviu a fazer o pedido e percebeu que eu tenho um problema na fala, diz: ''Ah já sei porquê que olhou para mim... tem um atrasozinho...''

Vocês podem imaginar a explosão que houve na minha cabeça?!

Toda a gente olhou para ele e ele só reparou em mim... eu acho que ele quis amenizar de alguma forma o facto de ter feito aquela pergunta estúpida ao filho.
Foi na brincadeira mas estúpida na mesma!!

Nisto, houve algo que me chamou à atenção: a senhora que estava com eles não se pronunciou uma única vez... ou não se quis comprometer com toda aquela estupidez ou é totalmente manipulada por ele, creio que fosse a companheira dele e mãe do menino.

Depois, na fila de atendimento para pagar, surge o(a) tal funcionário(a) que começa a falar de mim para os colegas como se eu não estivesse ali, sendo que estava ao meu lado.

Eu já tinha feito o pedido mas eu vi que não tinha dinheiro que chegasse  e disse ao(à) funcionário(a) do caixa que ia buscar o restante à mala que já tinha pousado na mesa. Entretanto, o(a) funcionário(a) do caixa segue para outros pedidos (o que eu também não achei muito correto, podia ter esperado 5 segundos. Mas também não sei se são as regras...), mesmo assim, pus-me na fila para pagar, o pedido já estava registado. Era só pagar.

E o(a) tal funcionário(a) a falar de mim na minha presença como se não estivesse ao meu lado, como se eu tivesse um atraso...

-''Para quem este pedido?''

-'' É para ela?!'' - apontando para mim.

Eu olhei. E pergunta-me a gritar, sublinho que estava ao meu lado, ''É PARA TI??? É SÓ ISTOO??

Eu: Não. 

- '' O QUE É QUE ELA QUER MAAAISSS?'' - pergunta aos colegas.

Os colegas a tentarem trabalhar e a responder também...

Dirige-se de novo para mim:

- ''PODES SENTAR-TE''

Eu educamente: ''ainda não paguei...''

Agora baixinho:

''Ela ainda não pagou??''

Eu: Não...

Três vezes,  eu disse.

-Não!

- '' tá ruim...'' - disse referindo-se a mim.

Eu só respondi: ''eu não 'tou ruim...'', mas com vontade de lhe explodir com a cara.

Aquilo estava a fazer-me um embrulho e, finalmente, eu consegui pagar porque as clientes que, supostamente, estavam atrás de mim e passaram-me à frente só porque eu fui buscar a carteira, cederam-me o lugar com muita pena de mim... tendo conversas paralelas com o(a) tal funcionário(a) sobre mim por cima de mim, como se eu não estivesse ali, estando eu no meio daquilo tudo. 

Paguei e fui sentar-me, a tal pessoa foi servir-me. Mas eu não consegui nem olhar para a comida. Só olhava ao meu redor, via o pai com o menino, via o(a) tal funcionário(a), as clientes... só me senti enojada com tanta podridão que me levantei e fui-me embora sem olhar para trás. E NEM TÃO CEDO VOLTO LÁ.

Devia ido embora antes de pagar, mas só pensei a seguir... no momento exato dos acontecimentos, eu congelo. 

Fui tola? Sim, mas...

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Calendário

Abril 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Frase do Mês

Ler o post

Informação

A maioria das imagens e vídeos utilizados no blog são retirados da Internet. No entanto, se for o autor de alguma imagem ou vídeo e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail ou deixe nos comentários que logo que possível serão retirados.
Blogs Portugal

Escrito antes

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D