Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

O blog do Mau Feitio

Não podiam ficar as duas opções?

mau feitio, 26.06.22

Esta nova moda de inserir a tecnologia em todo o lado é muito divertida e prática p'ra quem gosta e percebe, mas na minha opinião, quando acaba definitivamente com as outras opções e se esquece dos outros é o mesmo que regredir. 

Colocaram plataformas digitais interativas em toda a cidade e retiraram a outra informação que já havia, inclusive, os horários dos autocarros afixados em placas junto às paragens.

No outro dia, esperava pelo autocarro para voltar a casa e na mesma paragem estavam sentados um jovem e um senhor que devia ter os seus 70 e muitos anos. O senhor sentia-se muito aflito por não saber o horário que tinha de tomar para regressar a casa. Dirigindo-se a nós, a mim e ao jovem que também se encontrava na paragem, desabafou por 2 vezes que deviam afixar os horários das camionetas nas paragens para as pessoas saberem a quantas andam.

Quando este se aproximou mais de nós, perguntei-lhe para onde ele ia e tomei a iniciativa de ir à plataforma verificar, o rapaz seguiu-me para ver se podíamos ajudar o senhor. 

Conseguimos ajudá-lo, contudo o Sr. decidiu apanhar um táxi porque àquela hora já não havia autocarros comuns para a sua localidade. Só de Turismo.

Havia necessidade de retirar os horários afixados? Para evoluir é necessário esquecer-se dos outros? 

As pessoas que têm essas ideias maravilhosas não têm pais, avós em casa?

Não é preciso ter 70 anos para não se perceber, há pessoas mais novas que não entendem, que preferem a outra opção! 

Isso dá-me uma raiva!!

NA MINHA OPINIÃO, aquilo não dá jeito nenhum, primeiro que conseguisse escrever o nome da localidade... foi uma eternidade, o teclado travava em algumas letras e  outra, pelo que entendi, não disponibiliza o horário semanal dos autocarros, só do próximo autocarro... Se eu não estiver errada, é uma grande ajuda... Só que não!

Apesar dos meus 31 anos, eu prefiro a moda ''antiga''. Mas se querem evoluir, 'bora vamos! Porém, não nos esqueçamos uns dos outros. 

 

Alguém já viu?

mau feitio, 03.06.22

Ultimamente tenho revisto alguns filmes, o último a que assisti foi este:

550x731.jpg

 

Não sei se vocês conhecem...?

Adèle é uma adolescente que enfrenta os desafios da chegada da maturidade. Sua vida toma um rumo inesperado ao conhecer uma encantadora garota de cabelo azul, com quem começará uma intensa relação e uma viagem de descobertas e prazer.

 

Eu gostei bastante do filme, porque conta o desenrolar da vida de uma adolescente à descoberta daquilo que lhe faz feliz, mas às vezes, por erros que se comete na vida, pode-se perder ''tudo'' de uma vez só.

Imagem do Google Imagens.

Informação: Wikipédia.

 

 

Frase do Mês

mau feitio, 02.06.22

Não é desistir, é continuar.

 

Após tanto tempo sem fazer a frase do mês aqui no blog, regresso hoje dia 2 de Junho de 2022 com uma frase que foi dita por um concorrente do Big Brother.

Escolhi esta frase porque eu sou uma pessoa que quase nunca desisto mas a verdade é que algumas vezes, canso-me de algumas situações e quando eu ouvi esta frase fez-me um click na minha cabeça.

Claro que não vamos começar a desistir de tudo, sem pelo menos tentar e sentarmos à espera que se faça luz, que alguém faça por nós, mas por outro, às vezes nós temos a tendência de aguentar até ao limite e carregamos com o que nos faz mal como se fosse um peso enorme, como se fosse uma obrigação e esta frase fez-me pensar que nem sempre temos de levar tudo até ao fim. Se há algo que naquele momento já não nos faz sentido, está a fazer-nos mal não desistimos, apenas devemos continuar por outro caminho.

Quanto a mim, vou continuar a tentar a fazer tudo aquilo que me fizer sentido, quntas vezes forem precisas e desistir continuará a não fazer parte do meu dicionário mas gostei bastante desta perspectiva de ver a vida.

Beijs.

Pág. 1/2