Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

aDeus Pedro Lima!

 A morte faz parte da vida e é algo que está presente todos os dias a todo momento à nossa volta, em todo o lado, mas é tão normal que às vezes nem paramos para refletir.

Ontem ao saber da morte do ator Pedro Lima, eu parei para refletir. Porquê? Não sei...

 

Obviamente que eu só conhecia o ator Pedro Lima através da caixinha mágica mas foi e sempre será alguém inesquecível, não só pelas suas recorrentes e extraordinárias participações nas telenovelas portuguesas, mas também porque ele tinha algo de cativante. Não era o meu ator preferido nem assisti a todas as telenovelas em que participou, muito menos o seguia nas redes sociais. 

No entanto, sinto muito por ter partido tão precocemente e de uma forma tão estranha, era daqueles atores que não é preciso muito para se gostar deles.

A primeira vez que me lembro de lhe ter visto na televisão foi na série Olá Pai!  , provavelmente já o tinha visto noutros projetos de televisão, mas lembro-me dessa série porque tínhamos TV Cabo cá em casa há pouco tempo, então aqueles canais todos, novelas e atores eram o máximo para mim. E a série era muito engraçada, assim como a personagem que ele interpretava. 

Não sei por que razão a vida quis que Pedro Lima partisse tão cedo... só sei que Portugal perdeu um grande ator e a televisão portuguesa ficou mais pobre.

 

aDeus Pedro Lima!

pedro.jpg

IMAGEM_GOOGLEIMAGENS

 

A história do número 4

Após ouvir algumas histórias do tempo de adolescente do meu amigo Carlins, esta fascinou-me de tal forma que lhe perguntei se não se importava que eu a partilhasse aqui no meu blog.

A história foi escrita à mão pelo próprio Carlins, eu não mudei nada, apenas copiei do papel para o blog.


Eis a história:

 

Número 4

A minha história do número 4 é um pouco doida e muita gente já disse e de tolos mas isso nunca importou para nós, digo nós porque éramos 4 pessoas. 4 adolescentes, irmãos, amigos... 
Fomos unidos dos 15 aos 19 anos, estávamos sempre juntos e agora tenho 28 e ainda todos nós mantemos contacto, embora afastados uns dos outros seremos sempre irmãos unidos.
Saímos juntos, bebemos juntos até a gente dormir na mesma cama. Era ''la vida loca'' de adolescente...
Um dia, falando que tínhamos que fazer alguma coisa para que a gente nunca se esquecesse da nossa amizade, do nosso tempo único que um dia ia acabar, fazer algo que mesmo velhos sem memória, não íamos esquecer acontecesse o que acontecesse, então um de nós teve a ideia de aquecer um faca e fazer o número 4 para ficar marcado para o resto da vida e foi mesmo isso que fizemos. Bebemos bastante e depois já anestesiados, fizemos o número 4 todos na mesma zona do braço direito.
E fazia de novo se fosse preciso!
Os 4 éramos eu Carlos Alexandre, meu primo, meu amigo e meu irmão.
Esta é a minha história do número 4.

 

Obviamente que o que me fascinou não foi o facto de terem marcado o 4 no braço direito com uma faca quente depois de ficarem anestesiados de tanto álcool... também acho loucura. 
O que cativou a minha atenção foi a amizade daqueles 4 putos, 4 adolescentes, a união deles, a confiança que depositavam uns nos outros, tudo o que eles viveram uns com os outros e tudo isso ficará na história de vida deles. 

Isso é incrível.

Eu conheço o Carlins há pouco tempo, chamo-o pelo ''o rapaz que mete medo ao medo'' porque é grande mas do pouco que conheço dele é sem dúvida, uma pessoa com um coração tamanho do mundo. 
Vocês iam gostar de ser amigos dele.

Design sem nome (9).png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Frase do Mês

Sem frase.

Guardados no baú

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Depois não digam que eu não informei

1-Devido à importação dos textos de uma plataforma para outra, alguns deles surgiram sem espaço entre as palavras, sem pontuaçãoetc. De modo que, alguns posts anteriores a 5 de Nov. de 2018, ainda estão por corrigir. 2-Relativamente às imagens utilizadas no blog, como sempre refiro a fonte no fim de cada post, a maioria delas são retiradas da Internet. No entanto, se algum autor de alguma imagem ''passar por aqui'' e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail que logo que possível a imagem será retirada. As restantes, são mesmo fotografias minhas e outras são criadas por mim com auxílio de alguns programas de edição de fotografia e design. Em todo o caso, eu identifico sempre a origem de todas as imagens e fotografias utilizadas no blog.

Fala comigo em

blogdomaufeitio@sapo.pt