Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

O blog do Mau Feitio

Experiências, histórias, poesia, opiniões, dia a dia, dramatizações, descontração, gargalhadas infinitas, amigos, momentos, livros, filmes, TV, músicas, pessoas, coisas da vida, do mundo e mau feitio.

21
Abr19

Eu não consegui dizer v-i-s-i-t-a pronto!

mau feitio

Então é assim, como vocês já sabem, eu tenho um problema na fala e letras como S, L, Z, J e sons como ''cha'' e afins, nem sempre saem bem devido a umas coisinhas chatas (articulação, saliva, etc). Não vos quero afugentar! Mas é isso. Sou avariada q.b = D 

- E o que é que aconteceu?

Aconteceu que, há cerca de duas semanas atrás, eu fui visitar uma pessoa que estava internada e, mesmo sabendo onde era a secção, dirigi-me ao balcão das informações porque o balcão de marcar a visita para se poder subir aos quartos, estava fechado... nessa manhã, eu estava mesmo K.O, exausta porque para ir da minha localidade à cidade onde se encontra o hospital são duas horas de viagem de autocarro (7h - 9h) e, por causa dos sonos trocados, foi-me impossível dormir uma noite completa, e em duas noites, eu só dormi 2h45min... tinha os meus olhos a arder, parecia duas bolas de ping pong a sair-me da cara. 
Quem me atendeu foi uma miúda cuja testa dava pelo balcão, devia ser estagiária, porque tinha mesmo a carinha limpinha, sem marcas... eu até fiquei estupefacta, quando a vi pensei que fosse filha de algum funcionário, deve ter 17/18. Eu sou pequenina, mas quem sabe ver, vê que tenho mais idade, já tenho umas marquinhas à volta dos olhos... Tenho 28 anos e, apesar de não haver muitaaaaaaaaaaaaa diferença, já não é intacto. Uma vez, estava no aeroporto e um grupo de pessoas, surpreendeu-se por eu ser tão pequena e estar ali sozinha, mas uma alma evoluída entre elas interrompeu e disse ''esta menina já não é assim tão novinha, pois não? Já se nota umas marquinhas.'' . É desse tipo de pessoas que eu gosto, pessoas que não se comovem com um tamanho. Mas pronto.
Eu penso que a miúda não tem mais idade, seja como for, veio-me logo à cabeça o que acontece muitas vezes comigo, o facto de se dirigirem a outras pessoas por eu ser muito pequena ou ter uma deficiência, maneira que, assenti o gesto dela (esticou o pescoço para lhe ver a cara) para eu pedir a informação que queria e comecei a falar. O que eu queria perguntar e tentei foi '' Para fazer a visita às pessoas internadas... tenho de me dirigir aonde?'' uma coisa assim... já não me lembro, mas foi alguma coisa com ''visita'' mas só que, pela minha exaustão, dores de cabeça, ter de pensar à pressa em muitas coisas, eu não estava a conseguir pronunciar v-i-s-i-t-a, fazia STOP no S. Eu tava a dizer p'ra mim ''Fala como deve ser!'' , mas não saía discretamente... quando tou muito cansada, nota-se muito na fala. Mas e daí? A miúda não percebeu e meio que riu-se (não descaradamente), mas deu um suspiro de aborrecimento e disse que não estava a perceber, inquieta para se escapar daquela situação. Ah... atrás dela, estava um senhor de meia idade a trabalhar que olhava pra mim, como se tivesse bosta na cara. Nisto, entrou a colega do balcão... dirigi-me, imediatamente para ela sem mais e, embora com a antipatia toda do mundo inteiro, entendeu e deu-me a informação de que precisava.
Eu não julgo a miúda porque via-se que estava ali ou por um estágio ou até mesmo por OTL (talvez é isso), porque era muito nova mesmo para estagiar... não sei. Mas quando o balcão é maior do que nós, levantamo-nos, pelo menos. Quanto ao senhor, coitado. Nunca trabalhou as expressões mediante as situações. E se fosse outro, tinha tentado ajudar.

19
Abr19

Relembrando posts antigos #4 . Alguém se identifica?

mau feitio
 
P.SExcetuando, as comidas vegetarianas que estou a pensar, seriamente em inserir na minha vida, tudo continua igual. Mas sim, acho que salada só em si, muito pouco. Se for, uma comida vegetariana consistente com pão... acho que já consigo.
 
Algumas coisas sobre mim
27-04-2017
02h16
 
Hoje, meio a brincar, vou imitar aquelas celebridades quedão a conhecer 20 factos sobre si. Eu vou contar alguns fatos sobre mim, coisas que gosto, como sou e etc... Só na brincadeira :) mas dizendo a verdade, claro.

 
😜Não tenho paciência, não tenho paciência e.… não paciência (ter até tenho para crianças e idosos, mas digamos que ensinar não é a minha vocação).
 
😜Não gosto de maçãs por causa da acidez.
 
😒Não gosto de massagens!
 
😜.Sou muitíssimo desarrumada, mas sabem uma coisa? Sou muitíssimo feliz na minhad esarrumação!
 
😜O que é meio termo? Não sei.... Posso dizer que, estou aprendendo ainda...estou me esforçando para isso. Mas... relativamente a dormir? Ninguém me apanha! Sou como um coala que dorme 22h ou então durmo 2h que, às vezes já é bom. Tem dias que consigo fazer 2 diretas seguidas. É algo que nem mesmo eu entendo em mim.
 
😜.Adoro (estar na) água, água, água. Mar, mar, mar!
 
😜.Sou explosiva!! Mau feitio!! Pavio curto! Nervosíssima!  (Mas, a maioria das vezes guardo para mim, mas por dentro, queimo).🌩
 
Não consigo perdoar. Já tentei, mas ainda não cheguei lá. E, sinceramente, não sei se quero. Tudo o que me fazem, levo para a vida inteira!
 
😜.Sou muito seletiva em relação às pessoas que tenho na minha vida, não é qualquer um que fica pra sempre. Nisso, sou exigente. Mas quem fica, fica parasempre!!!!
 
😜.Sou introvertida e extrovertida, depende muito das pessoas com quem estou, do ambiente, da forma como me sinto... isto porque, apesar de não parecer (e não parece mesmo! A minha aparência engana muito), mas eu sei o que valho para cada pessoa e isso condiciona muito a capacidade de me divertir, de opinar... Regra geral, eu conduzo-me pela minha cabeça. Mas... deixo com que pensem que me influenciam ... '' A sério? Não sabia... obrigada.''.  que não percebo que me estão a fazer de tola... eu deixo.
QUE  I D I O T A S!
 
😜 DETERMINADA. Nem que chore baba e ranho e caia 200 000 vezes, ninguém me tirado meu caminho.
 
😜.Sou obcecada (saudavelmente), quando pego com uma coisa, levo para o resto da vida! Falo, volto a falar. Não me esqueço.
 
😜.Acho-me linda e gosto muito de mim!
 
😃.Estou sempre a sorrir.
 
😜.Se há coisa que não me amarra, que não me constrange é a maneira como veem como eu vivo a vida.  Se acham que sou mais menina, menos mulher, se tenho defeitos, se não sei isto ou aquilo, se acham que não tenho preparação, se não tão adulta como... deveria... se sou mimada, infantil, isto ou aquilo... Nada disso me prende! Nós somos o que somos consoante o momento da nossa vida. Já errei, é certo. Mas também já levei na cabeça e nunca fico no chão à espera que me levantem.
 
😜.Detesto refeições vegetarianas! Acho que vegetais, legumes são acompanhantes, não uma refeição.
 
Adoro café!
 
🍭🍯🍩🍰Doces, por favor!
 
😜.Sempre que saio bebo coca-cola.
 
🥛Não pode faltar leite em casa! Quando falta... não durmo, não falo. Resmungo,resmungo, resmungo....
 
💝✝☮Não preciso de muito para estar bem. Tenho família, um ou dois amigos para ir falando e saindo, tenho casa, tenho os meus livros para ler... tenho motivos para viver, sonhos para realizar, fé e esperança, pronto. Não sinto necessidadede estar sempre no meio da multidão, numa festa, rodeada de pessoas. A vida vai dando o que ela entender, quando e como... Deus toma conta. Ele sabe que estou aqui e eu sei que Ele está comigo.
 
Sou Feliz!
 

São estes alguns fatos sobre mim. :)








18
Abr19

Coisa de menina

mau feitio

Encontrei este pequeno vídeo que retrata bem uma das ações que muitas meninas têm naquela fase da pré-adolescência, quando o corpo começa-se a desenvolver. Muitas meninas sentem vergonha pelo seu peito ainda não ter começado a crescer tão ou igual às outras meninas e tentem atingir um tamanho, mais ou menos, aceitável se inspirando nas outras. E fazem isto, que mostra no vídeo:

 

 

Eu compreendo que é um pouco (muito) constrangedor para algumas meninas de 11/12 anos, verem que as suas amigas e meninas da escola com a mesma idade, já têm peito e vocês não. Mas, não se preocupem com isso, porque não há nada de errado convosco. 
Cada um tem o seu tempo. Uns crescem mais rápido do que outros, uns são mais pequenos do que outros. Mas todos chegamos lá. Não temos de ter vergonha disso, do nosso corpo, como ele se transforma. Um truque é dar tempo ao tempo, sem muita preocupação e aproveitar o momento da vida em que nos encontramos.

 

 

Fonte: Youtube

17
Abr19

Os adultos primeiro, se faz favor!

mau feitio

Há uns dias vi este post no Facebook e achei importantíssimo mas também um tanto engraçado. Porquê? Porque fala-se e discute-se muito sobre educação, progresso e esclarecimento infantil... mas, às vezes (muitas vezes) os adultos é que precisam de aprender isto, para depois ensinar as (suas) crianças! 

 

 

57092802_2174580155964686_8207400692671840256_n.jp

 

Imagem retirada: daqui

 

15
Abr19

O que (já) aprendi com os meus pais #2

mau feitio

Boa noite, blogsfera! Ça va bien?
Só fiz isto uma vez. Vamos lá à segunda ronda. Por acaso, tenho pensado no que eu (já) aprendi com os meus pais desde a primeira e última vez que escrevi esta rúbrica.


Bom... o que (já) aprendi com os meus pais, round 2:

1- A não ficar de mal com ninguém por causa de terceiros, se alguém entra em conflito com um amigo meu ou com alguém que eu simpatize ou mesmo que eu discorde com a atitude, não me diz respeito, não tenho de ficar de costas viradas p'ra ninguém. Nunca sabemos com quem vamos ter de falar, trabalhar e conviver amanhã. E até podemos simpatizar com as pessoas em questão, mas ficamos com macaquinhos na cabeça porque tomamos as dores dos outros. Não temos de ter uma opinião para tudo e se temos, não precisamos de a manifestar sempre;

2- Aprendi a aceitar aquilo que nos dãopelo menos, até as situações melhorarem. Por exemplo, eu aceitei trabalhar num local que eu não gostava muito até estabelecer a minha vida, mais ou menos, como eu queria. Fiz o meu papel (cometi alguns erros, é certo!), quando acabou o tempo de trabalho, arrumei as minhas coisinhas, expliquei-me a quem devia e àqueles que me perguntaram e (fui) à minha vida. Agora, a trabalhar noutra oportunidade. Pode ser que dê certo ou não, mas a tentar é que se vê.

3-  Isto, aprendi com a minha mãe: atuar mesmo no meio do furacão. Foi o que aconteceu há poucos dias, houve um furacão cá em casa. Eu quase vomitei de tanto chorar mas não perdi a ação. Não dormi durante 48 horas, mas apesar de tudo, não deixei a casa cair sem me queixar a ninguém de fora do seio familiar.

Acho que desta vez, é só isto. 
Até à próxima ronda! 
Beijs.

15
Abr19

''Apenas Mais uma de Amor''

mau feitio

Qual é a vossa interpretação desta música?

A minha: nem tudo o que sentimos pelos outros tem de ser revelado nem retribuido. E não é porque gostávamos que aquilo acontecesse, tem de acontecer. O que sentimos e deixamos de sentir, só a nós nos diz respeito. É algo nosso que ninguém precisa de saber. Se não correr bem, vamos sobreviver.

 

 

Letra:

''Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor obrigação de acontecer
Eu acho tão bonito isso De ser abstrato, baby
A beleza é mesmo tão fugaz
É uma ideia que existe na cabeça E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer
Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer
O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber
Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido
Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor pretensão de acontecer
Pode até parecer fraqueza
Pois que seja fraqueza então
A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer
Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer
(Eu Vou Sobreviver)
O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber''

 


Fontes:

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCQp-Cb3GlHz_JhRW13H7bRQ 

 

14
Abr19

Relembrando posts antigos #3 Qual é a vossa opinião?

mau feitio
A juventude e a sua tola vaidade 
 
28-10-2018
19h35

Ele é bonito, bem apresentado,  jovem. Tem o mundo aos seus pés. É menino e homem conforme lhe convém. É forte, nada o detém. A pele é fina e limpa sem nenhuma marca que o possa condenar. Todos o admiram. As meninas que passam por ele, olhem-no de esguelha e dão risinhos silenciosos, ele sorridente e convencido ignora,  porque ela dá-lhe tudo sem ele ter de lhe pedir nada. Estala os dedos e pronto. Os outros são uns coitados. Ele não. Ele é mais. É demais! As meninas vaidosas passeiam airosas, fazendo balançar as conchas porque, disfarçadamente, sabem o que lhes vale um corpo bonito. Deitam olhares aos rapazes que passam e falam sobre novas experiências. Sorriem quando eles se aproximam, fingindo timidez e inocência. E nada é mais importante do que a própria vontade. Haja paciência para os dilemas alheios. Não há tempo para esperar, escutar nem compreender. Há uma vida para viver! Mas, eis um dia que algo muda, ela já não lhes serve como servia.  Surpreendidos, questionam-se. Olham ao seu redor. As meninas já não o cobiçam, as pessoas já não o admiram como dantes. Elas já não estão tão bonitas, as peles endureceram e formaram-se rugas e marcas. Tentam agarrar algo, mas não têm nada para agarrar. O que aconteceu? Aconteceu-lhes a vida. O tempo passou e com ele, ela foi. Agora têm de lutar sozinhos. O tempo parece que pára nas nossas mãos, mas é uma ilusão. Cuidado para não ficar preso nela. O tempo nunca pára e traz consigo as dificuldades da vida, levando-a aos poucos. A vida acontece e não perdoa ninguém.

Do que é que estou a falar? Estou a falar da juventude e da sua tola vaidade, que faz de todos nós o que quer e, de repente, abandona-nos sozinhos com as dificuldades que a vida nos impõe. E agora o que somos? Somos espectadores da juventude dos que vêm atrás de nós a cometer os mesmos erros que nós. Mas que podemos fazer? Pouco ou nada. A juventude apanha todos na sua rede, dá-nos a experimentar o seu melhor sabor e, num segundo, desaparece sem deixar rasto. Resta-nos as histórias, as amizades eternas, os amores antigos, as noites que nunca morrem nas nossas lembranças. Resta-nos o amargo arrependimento do que devia ter sido melhor vivido, a mortífera saudade, resta-nos as lágrimas felizes por recordar as pessoas, os amigos que fizeram parte, aqueles que permanecem e aqueles que o tempo afastou. Resta-nos a taça de vinho ao nosso lado e todas as marcas de uma juventude cheia de tudo. Resta-nos a vida.

 

 
Imagem do Google Imagens

 

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Frase do Mês

Quer queiramos, quer não, a verdade é que no fim (todos somos) substituíveis... ou não. Será? Frase do mês (Abril'19)

Do que se (fala sempre) aqui?!

De tudo um pouco... Mas... escrevo SEMPRE, se não for SEMPRE, passar a ser. * Frase do Mês; * ''MúsicaDaSemana''; * Obrigada ( a todos os meses); * O que eu (já) aprendi com os meus pais. E mais! Mas estes são os tópicos sobre os quais procuro escrever com regularidade. Encontra-os na lupa lá em cima. Diverte-te com as minhas parvoíces escritas ou não parvoíces. Fica ao teu critério!

Fala comigo em

blogdomaufeitio@sapo.pt

Depois não digam que eu não informei

1-Devido à importação dos textos de uma plataforma para outra, alguns deles surgiram desconfigurados (sem espaço entre as palavras, sem pontuação, etc). De modo que, alguns posts anteriores a 5 de Nov. de 2018, ainda estão por corrigir. 2-Relativamente às imagens utilizadas no blog, como sempre refiro a fonte no fim de cada post, a maioria delas são retiradas da Internet. No entanto, se algum autor de alguma imagem ''passar por aqui'' e não permitir a sua utilização, por favor envie e-mail que logo que possível a imagem será retirada. As restantes, são mesmo fotografias minhas e outras são criadas por mim com auxílio de alguns programas de edição de fotografia e design. Em todo o caso, eu identifico sempre a origem de todas as imagens e fotografias utilizadas no blog.